LRphotography

LRphotography

sábado, 26 de novembro de 2011

24h TT: Andrade lidera quase a meio da prova
Terceiro classificado na edição do ano passado, o francês Laurent Dornel (Caze Buggy) era o líder da presente edição das 24 Horas TT Vodafone-Vila de Fronteira quando estavam cumpridas as primeiras cinco horas de uma corrida bastante movimentada e que já tivera vários comandantes. Mas tudo mudou . No entanto o já vencedor desta prova - Mário Andrade - tem o Renault Clio da sua equipa a liderar quase passagem para o dia de Domingo, na frente do BMW Orysd do Vodafone Team. O Caze Buggy de Dornel perdeu quase uma hora com problemas que o afundaram na classificação.
Das 90 equipas presentes nos treinos cronometrados, largaram 86 formações, sendo a principal ausência a da formação francesa liderada por Hugues Moilet, uma vez que os estragos provocados no MGR 206 cc pelo despiste nos treinos foram impossíveis de reparar. Também Stephane Barbry, com o BMC BMW que ganhou a edição de 2010, seria forçado a largar das boxes para poder reparar os problemas de suspensão que o carro apresentava, perdendo desde logo imenso terreno.
Depois do sempre espectacular momento da largada, seria Laurent Poletti (Asmo Porsche) a tomar conta dos acontecimentos, impondo o ritmo da corrida, seguido por por Dornel e por António Coimbra, na altura aos comandos do BMW Oryx. No entanto, uma paragem prematura de Poletti permitiu a Dornel ascender ao comando, situação que seria alterada durante a terceira hora, aproveitada por António Coimbra para, de forma algo surpreendente, assumir a liderança com um carro de duas rodas motrizes. Foi nestas condições que José Pedro Fontes rendeu o seu colega de equipa, mas alguns problemas com o carro obrigaram o campeão nacional de velocidade a ter de passar pelas boxes para reparar o sistema de lavagem do pára-brisas, obrigando-o a cair na classificação. Deste modo, seria Dornel a recuperar a primeira posição, sendo ainda de destacar a excelente performance de duas equipas portuguesas nesta fase inicial da corrida, com saliência particular para a Toyota Hilux da equipa liderada por José Cunha, a ocupar um sensacional segundo lugar. Uma nota ainda para a Mazda BT50 de Rui Lopes, a rodar na sexta posição, posição que pouco servia os seus interesses em termos de Desafio Elf-Mazda, uma vez que o grande favorito desta competição, João Rato, rodava na 12ª posição mas segundo nesta iniciativa monomarca, situação que a manter-se seria suficiente para lhe garantir a vitória final.

Classificação após 10,5 horas de corrida:
1º Andrade/Duplé/Sousa/Pita (Monce Clio V6) - 50v em 10h24m18s
2º Fontes/Coimbra/Barbosa/Lauilhe/Vincendeau (BMW Oryx), a 1 volta
3º A. Manfrinato/M. Manfrinato/G. Manfrinato (Renault Megane Proto), a 2 voltas
4º Amado/Santos Marques (Nissan Navara) , a 2 voltas
5º Correia/Charbonnier/Dubrisey/Fromont (QT Wildcat), a 3 voltas
5º Boullet/Duplé/Dubois/Jaffrennou (Sadev Buggy), a 3 voltas
(...)

- Link

Sem comentários:

Publicar um comentário